Other stuff ->

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Polícia apreende 37 motos devido a racha na BR-060

Tal rodovia fica em Goiás...

Policiais rodoviários federais apreenderam, no domingo (29/01/2012),
37 motos por excesso de velocidade e detiveram 24 pessoas em uma
operação contra rachas, na BR-060, rodovia que liga Brasília a
Goiânia. Boa parte dos infratores mora no Distrito Federal. Os agentes
ainda emitiram 90 multas, também por pneus carecas, uso do suporte da
placa em local indevido e falta de equipamentos obrigatórios, como
retrovisores.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) montou a operação após duas mortes
no mesmo local, o Km 72 da BR-060, somente neste ano. Dois
motociclistas, de 52 e 23 anos, perderam a vida após o veículo passar
direto em uma curva fechada. Ambos estavam em alta velocidade, segundo
a PRF. O ponto fica entre cidades goianas de Abadiânia e Alexânia, no
Entorno.

A blitz de ontem ocorreu das 8h às 14h. Os patrulheiros levaram os
motociclistas detidos à delegacia de Polícia Civil de Anápolis para
prestar depoimentos. Todos vão responder por crime de trânsito. Um
deles estava a mais de 200 km/h.
Segundo o inspetor Jander Costa, da PRF em Goiás, outras operações
devem ser feitas para coibir os pegas de moto na BR-060. "Como as
máquinas são muito caras, essas pessoas são sempre de boa formação
intelectual. Pegamos médicos, juízes, advogados. E eles levam a
velocidade como lazer, uma adrenalina injustificada", explicou. No ano
passado, duas blitzes ocorreram em pontos diferentes da rodovia.

Jander informou que o setor de inteligência da PRF levantou dados de
como agem, qual a intenção e qual o horário desses grupos.
Normalmente, eles se reúnem aos domingos pela manhã. O próximo passo é
conhecer quem são esses motociclistas. "A partir do momento em que
identificarmos essas pessoas, vai ser possível agravar a situação
delas junto à Justiça", afirmou o inspetor.

Fonte: Correio Braziliense e rockriders.com.br, foto ilustrativa, não
corresponde a ação citada na notícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate