Other stuff ->

terça-feira, 15 de março de 2016

Soberano ou Sereníssimo?

Brethren,


Muitas vezes recebemos informações através da Rede Colméia ou de
outras fontes, sobre os Grãos Mestres das Grandes Lojas brasileiras e
o titulo é de "Sereníssimo". Quando se relata algo sobre o Grão Mestre
do Brasil, o título usado é de "Soberano". Na maioria das Obediências
do mundo o título é "Sereníssimo".

Não há nada de errado, somente acontecimentos ao longo da historia da
Maçonaria brasileira, que vou procurar elucidar, conforme o que segue
abaixo.


Tempos atrás, aqui no Brasil e em mais alguns outros países, existia
uma única autoridade máxima para o Supremo Conselho dos Altos Graus e
para o Grão Mestre das Lojas Simbólicas. Seu titulo era de "Soberano
Grande Comendador Grão Mestre".

Houve um encontro Maçônico em Lausane, Suíça, em 1925, onde ficou
decidido que uma única pessoa não poderia ocupar os dois cargos ao
mesmo. Posteriormente, o Brasil, acatando essa decisão, fez a devida
correção, porem o titulo de "Soberano" continuou sendo usado para o
Grão Mestre das Lojas Simbólicas, ao invés de "Sereníssimo", o que era
de se esperar.

Posteriormente foi oficializado e assim ficou até hoje.


NOTA: esta pequena pesquisa foi baseada em historiadores brasileiros,
principalmente no maior deles, que foi o Mestre Castellani.


Ir.'. Alfério Di Giaimo Neto.

segunda-feira, 14 de março de 2016

O que a Maçonaria não é...

Brethren,



Na maioria dos livros maçônicos nós temos uma série de afirmativas
dizendo o que é a Maçonaria. Vamos fazer um caminho paralelo e fazer
algumas afirmativas para esclarecer o que a Maçonaria não é ( extraído
de livros Neo Zelandeses).



1) A Maçonaria não é uma Instituição de Caridade, apesar
de que ela realmente pratica Caridade. Devemos deixar claro que
"Caridade" não consiste necessariamente somente de doação em dinheiro.

2) A Maçonaria não se ocupa somente de providenciar
benefícios por doença ou morte de seus Obreiros. Isso é uma função
especifica da área "fraternal" da nossa Ordem. Igualmente, a
Maçonaria, como regra geral, não providencia assistência para maçons
idosos ou maçons enfermos. Nada impede que ela o faça, inclusive, que
dê assistência em causas meritórias na comunidade, como um todo.

3) A Maçonaria não é uma religião. Ela tem uma filosofia
própria, a qual está em harmonia com todas as crenças, e que
transcende a fé sectária. Cada Irmão deverá venerar conforme sua
própria opinião e devoção.

4) A Maçonaria não existe, nem deve ser usada, para
promover os Obreiros em si, muito menos para promover interesses de
negócios ou atividades comerciais.

5) A Maçonaria não é um "Clube Social", apesar de ter uma
vida social entre seus membros. Alguns Irmãos tendem, realmente, a
fazer disso a maior parte de suas vidas Maçônicas. É um erro que deve
ser corrigido, quando ocorre.



Enfim, a Maçonaria é um peculiar Sistema de Moralidade velada em
Alegorias e ilustrada por Símbolos.

Ir.'. Alfério Di Giaimo Neto.

Translate