Other stuff ->

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

A iniciação do Bode do Asfalto

Sr. Bode, é teu desejo sincero tornares um motociclista? Se a
resposta for afirmativa, previno-te que irás passar por provas, perigos e
dificuldades.

A primeira viagem será a da TERRA. Ao entrares em um carreador de cana,
ficarás atrás de um caminhão com 2 carretas carregadas que produzirão
tamanha poeira que te sentirás numa masmorra, entrará ciscos nos teus olhos,
teu cabelo ficará duro e vais derrapar e atolar na areia. O teu dia será
terrível, mas no final da tarde quando estiveres tomando umas latinhas
geladas e ouvindo o Raulzito, pensarás, VALEU.

Sr. Bode, persistes em ser motociclista?

A segunda viagem, Sr. Bode, é a do AR. Um vento forte no peito e tu, cego,
tens que seguir o líder ou piloto. Num bonde descobres que tendo alguém para
guiar-te, não precisas temer.

Mesmo assim, Sr. Bode, persistes em ser motociclista?

Estamos prontos para mais uma viagem, a da ÁGUA. Começa com um barulhinho,
parece inseto batendo no capacete, depois vem a certeza, é chuva seu Bode,
fiques esperto. Tua atenção ficará redobrada, teus pares, podes apostar,
estão adorando tudo isso. Passa a chuva e o vento vai te deixar congelado.

No final da tarde, fica melhor uma bebida mais quente ouvindo Led Zeppelin.
Ainda assim persistes em ser motociclista?

A última viagem é FOGO. A tarde cai, vem a noite, ai o polegar direito bate
na tecla e FIAT LUX (faz-se a luz). Recebeste a LUZ. Para os notívagos é
festa, acostuma-te pois teus IIr.: adoram isso.

Não acredito que ainda queiras tornar-te motociclista. Poeira, vento, chuva
e escuridão, sem contar com as dores nas costa, joelhos, bunda, punhos e
mãos dormentes. Sr Bode, não és mais criança.

Não seria melhor ficares em casa assistindo um bom filme na TV? Ou
melhor...todo domingo na hora em que estás na estrada, tem futebol ao vivo,
teu time pode estar jogando.

Tua mulher nem sempre faz cara boa para essas viagens.

Ela está certa, você vai chegar num bagaço só, teu ânimo não vai além de um
banho e cama.

Sr. Bode, se depois disso tudo ainda quiseres ser um motociclista, que seja
então um Bode do Asfalto.

Ir.: Fabio Tomazella

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Harley-Davidson do Brasil faz campanha de recall

A Harley-Davidson do Brasil convoca os proprietários das motocicletas
Touring, modelo Street Glide®, anos de fabricação 2011 e 2012, e chassis
9321KBMJXCD618902 a 9321KBMJXCD664987 e 9321KBMJ0CD618908 a
9321KBMJ9CD676810, para uma campanha de recall. Essa ação ocorre somente no
Brasil e atinge 159 motocicletas em todo o território nacional.

O objetivo dessa iniciativa é solicitar o encaminhamento das motocicletas
envolvidas na campanha à rede de concessionários Harley-Davidson para a
inspeção e o reposicionamento, se necessário, do chicote elétrico, com
eventual substituição deste componente.

Tal medida se deve em razão da possibilidade de o chicote elétrico ter sido
instalado de maneira incorreta, em local que poderá permitir que o mesmo
encoste no pneu traseiro e/ou correia de transmissão. O contato com o pneu
traseiro e/ou correia de transmissão poderá danificar o chicote, resultando
no inadequado funcionamento da lanterna, luz de freio, piscas traseiros e/ou
luz da placa. A não conformidade detectada pode, eventualmente, comprometer
a segurança do motociclista e terceiros.

Para certificar se o veículo deve ser direcionado a um concessionário, a
Harley-Davidson disponibiliza informações aos seus clientes por meio do site
da empresa (www.harley-davidson.com.br), do Serviço de Atendimento ao
Consumidor - SAC (0800 724 1188), de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
(exceto feriados) ou ainda do e-mail (sac@harley-davidson.com.br).

Os serviços serão realizados gratuitamente. Para comodidade dos clientes, a
Harley-Davidson recomenda ao consumidor que agende previamente o serviço por
meio do SAC. Para informações adicionais, basta consultar um concessionário
da marca, acessar a página eletrônica da empresa ou contatar o SAC.

Essa iniciativa visa manter o compromisso de respeito aos consumidores e o
foco da empresa em oferecer produtos com qualidade e segurança. A
Harley-Davidson esclarece que não tem conhecimento da ocorrência de
acidentes ou ferimentos, originados pela razão técnica relatada.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Translate