Other stuff ->

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Reflexões sobre o uso de um brasão de MotoClube


A partir do momento em que você decidir, ou for convidado, a entrar em qualquer clube de motocicletas, e aqui vale para MCs MGs, Associações, ou qualquer outra denominação, um dos pré-requisitos é que você esteja alinhado à filosofia desta entidade . Portanto esteja atento a isso!

Em linhas gerais, esta terá valores que deverão ser respeitados por você.

Mas algumas coisas serão comuns a qualquer uma: o prazer de pilotar uma motocicleta; a satisfação de conviver em grupo --- identificado pelo brasão do clube a qual você fará parte; e a honra de participar de uma outra família. É preciso estar ciente de que a partir daquele momento algumas coisas mudam. 


A prioridade não é mais do indivíduo, mas do grupo a qual se faz parte. Não estou dizendo aqui que o grupo está acima do indivíduo, mas sim que a partir daquele momento alguns valores mudam de lugar: o que importará é que o grupo esteja junto, unido como se todos os integrantes fossem um só. 


Não importa o lugar, o destino, o prazer agora é outro: é o de estar junto, de fazer parte de algo em conjunto, maior; de dividir valores e usar com orgulho aquele brasão. E isto deve bastar, já que laços fortes se formaram, na mesma medida em que as experiências e a convivência aumentarem.

Alguns destes laços acabarão sendo para toda a vida, e outros, ainda que não se queira, de vez em quando, irão se desfazer. Mas o importante é que duraram o tempo necessário para terem se tornado inesquecíveis. Tal qual como na vida, o que foi desfeito será preenchido por outro, sem que com isso substituía o anterior. Afinal, relacionamentos humanos são insubstituíveis, pois deixam marcas indeléveis por onde passam. 

Mas de alguma forma isso garantirá a entidade a continuidade necessária para prevalecer, a partir do momento da criação de novos laços, ainda mais vigorosos, e de novo, enquanto durem.


Então quando você recebe um brasão, recebe com ele a imensa responsabilidade de levar, toda a história daquele grupo. Leva a lembrança de cada integrante que pertenceu ou ainda pertence ao clube; leva o trabalho daqueles que lutaram para que a entidade, da qual você faz parte hoje, seja respeitada na comunidade. 


Leva um pouco da paisagem e da poeira da estrada que você e os integrantes já percorreram. Leva também a sua própria história de vida, lá no fundo dos alforjes. A família, a namorada, a noiva, a esposa, os filhos, os amigos (os inimigos também, como esquecê-los) e mesmo aqueles colegas de trabalho, distantes que mal falamos, ainda que não viajem ou mesmo curtam o motociclismo, entram conosco nessa grande aventura, porque sabem e vêem os seus passos e com quem você roda diariamente ou aos fins de semana. 


Quando você pilota identificado, você leva uma tradição que vence o tempo


Portanto quando chegar a sua hora, seja grato ao conquistar o direito de usar determinado brasão, pois certamente aquelas pessoas que estão lhe conferindo esta CONDECORAÇÃO, estarão lhe recebendo de braços abertos, e lhe dizendo naquele momento um sonoro: Seja bem vindo a nossa família! 


Você a partir daquele momento estará representando uma miríade de rostos, personalidades, e quiça, nações (caso a entidade escolhida seja internacional) . E o que pedem em retribuição? Apenas a sua lealdade; o seu comprometimento com a entidade que você representa; e que você use aquele brasão com muita honra e galhardia. Acho que isso não é pedir muito. Ou é?

(Texto de Shark, do ISRA - International Star Riders Association - por Juliano Idogawa.)


nota: o brasão apresentado é do motoclube Kune, de Osijek, Croácia, onde minha avó nasceu... Tirei a foto na rua, e nosso irmão motociclista achou o maior barato um motociclista do Bodes do Asfalto tirando foto do brasão dele na Croácia...

Mi Band e Melatonina



A onda dos dispositivos wearables ("vestíveis") está chegando!

Estou usando a Mi Band da XiaoMi (pronuncia-se CHI-AO-MI), e estou ficando impressionado!

Ela avisa se chegou alguma notificação no seu celular, a que você escolher, vibra e pisca os led´s na cor que você escolher - assim, eu coloco o gmail em vermelho, o whatsup em verde, mensagens SMS em amarelo, todas nas cores originais dos aplicativos - assim fica fácil de saber o que está sendo avisado - ideal para quem anda de moto como eu! Chamadas no celular também a fazem vibrar, e então você pode colocar o celular em silencioso, e não perder nenhuma chamada.

Ah, e a bateria dura 30 dias!

Ainda ela monitora os passos que você dá por dia, mostra nos seus led´s o quanto você já andou de uma cota preestabelecida, quantas calorias você gastou e a função que eu mais estou maravilhado, o monitoramento do sono! Ela ainda sabe se você correu ou se ficou fazendo exercício no mesmo lugar, ou até se andou de bicicleta.

Tenho um problema horrível para dormir, durmo mal, com sono leve e acordo durante a noite.

A pulseira monitorou uma noite típica minha de sono, com acordar durante a noite e sono leve...


As barras laranja são acordado, as barras mais altas azuis são sono profundo, as mais baixas azuis são sono leve.

Aí fiquei sabendo que no Brasil conseguiria compara Melatonina, um hormônio que o corpo humano produz quando está com vontade de dormir, natural, que diminui com a idade.


A vantagem da Melatonina (eu já tinha tomado ela em Buenos Aires) é que ela é naturalmente produzida no corpo humano, não te dá aquela ressaca que medicamentos para dormir te dão no outro dia, não te deixa lesado, e o melhor, não precisa de receita!

Tomei a Melatonina e a pulseira mostrou-me uma noite de sono maravilhosa, com muito tempo de sono profundo.


Fiquei muito satisfeito com a pulseirinha, e olha que ela é baratinha, 15 dólares americanos, e ela é sua! E ainda é protegida nível IP67, o que te permite tomar banho e até nadar com ela!

E ainda é um produto em constante evolução, o que significa que ela irá ter cada vez mais programas para diversas ações e monitoramentos com ela.

Agora ela não sai do meu braço mais!!!!

Dá prá comprar na Internet em uma porção de lugares!

Coisas para evitar na vida

fonte: Pelotas Occulta

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Cronógrafo para Chumbinho

Para quem não tem cronógrafo, o APP ChronoConnect ddisponível para Android chega bem perto das medidas.

Usei uma pistola GAMO P800 cuja velocidade nominal é de 100 m/s - 328,08 fps.

Dei vários tiros para verificar, e voilá - as medidas são bem próximas.

A versão gratuita apenas registra 3 tiros, e aí tem de apertar o botão para cronografar novamente, a versão Pro, não. Nada muito sério.

Uma coisa importante é atentar para as medidas, a distância do alvo à boca do cano, a distância que o celular ficará à frente da boca do cano e altura do caminho do chumbinho em relação à boda do cano.

Se as medidas forem bem feitas, fica bem próximo, se as medidas forem mal feitas, fica um lixo.

Ele usa o barulho do tiro saindo da arma e batendo no alvo - conhecendo-se a distância e o tempo que levou para bater lá, sabe-se a velocidade, pela simples fórmula Distância=Velocidade*Tempo.

Se você colocar corretamente o peso do chumbinho na seção Projectile, ainda vai ter os Joules que a arma dispõe na boca do cano, com aquele chumbinho.

A fórmula é Energia=(Massa*Velocidade^2)/2000

A explicação do 2000 é porquê na fórmula a massa é em kg, e a gente usa gramas (um chumbinho 4,5mm ou .177 tem aproximadamente meio grama).

Assim, no caso da foto, o chumbinho tinha 0,54 g e a velocidade em m/s foi próxima a 100 m/s, isso dá aproximadamente 3 Joules.

Fantástico, não?

Translate