Other stuff ->

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Curiosidades do mundo das duas rodas

1) Você sabia que quando o Amyr Klink tinha 19 anos, realizou uma
viagem de moto até a Patagônia/Argentina? É verdade, veja mais no link
"biografia" do site http://www.amyrklink.com.br/

2) O motociclista Rapahel Karan que já cruzou todos os continentes e
percorreu 54 países de motocicleta, diz: "tem um montão de gente
viajando por ai, sou só mais um". Conheça o site
http://www.raphaelkaran.com.br/

3) Na fábrica da DAFRA em Manaus, existe um espaço específico
(monitorado pela BMW) para a produção e montagem da moto G 650 GS da
BMW. É o único lugar fora da Alemanha que se produz motos da BMW.

4) Já imaginou ir ao evento de Tiradentes/MG e encontrar por lá o
ex-deputado federal Roberto Jefferson? Pois é, ele é motociclista e
foi pilotando uma Harley Davidson ao evento do ano de 2010.

5) "Esse lance de ir para desertos, outros países e tal de motoca é
moleza, quero ver você rodar em Sampa, 250km por dia que nem eu,
nesses corredores loucos e congestionamentos do caralh_, tô nessa faz
uns 10 anos, dava para ter dado uma volta ao mundo facinho." Diz o
motoboy de 36 anos, Cláudio S. Domingos.

6) No Brasil, de cada 100 motos vendidas, apenas 2 são acima de 400cc.
Confira em http://www.abraciclo.com.br/

7) No Brasil, os preços praticados na venda de qualquer modelo de
moto, é até 220% mais caro quando comparado aos mercados dos Estados
Unidos e Canadá. E não são só os impostos os responsáveis por isso, o
lucro dos empresários e os consumidores que não reclamam, ajudam
bastante.

8) Se você percorrer de moto todos os países da América do Sul,
América Central e América do Norte, sabe onde o preço da gasolina é
mais caro? No Brasil. E mais barato? Na Venezuela.

9) Advinha em qual país foi parar uma moto personalizada feita pela
OCC (Orange County Choopers) e foi apreendida pela receita federal
devido a problema com impostos? No Brasil, claro.

10) A maioria dos motociclistas que realizam longas jornadas, aqueles
que cruzam países e continentes, não usam motos acima de 650cc.
Motivos: economia com combustível, manutenção e por saberem que não é
necessário motos com cilindradas maiores para seus feitos.

Fonte: rockriders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate