Other stuff ->

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Nova V-Strom 650 vai decolar nas vendas?

A nova Suzuki V-Strom 650 está chegando no Brasil nesse mês de maio,
ainda não disponível em todas as concessionárias, as quais ainda estão
liquidando as vendas do modelo antigo, mas deverá estar até
junho/2013.

A moto foi lançada nos EUA e na Europa em 2011. Regiões onde não é
mais novidade e já foi testada e pauta de matérias de revistas e sites
especializados.

A Suzuki V-Strom construiu uma sólida reputação no segmento de motos
para o on-off road, com pretensão de ser melhor no on do que no off.
Milhares de motociclistas já empreenderam longas viagens utilizando o
modelo V-Strom (inclusive eu!), ao menos o antigo, já que a nova está
há apenas dois anos no mercado internacional e, como escrevi acima,
chegando agora no Brasil.

De forma resumida é o seguinte: a nova V-Strom é melhor que a antiga,
mas relativo as suas atuais concorrentes, perde no quesito; desempenho
no off-road e em outro que pesa bastante ao menos no Brasil, o status
da marca, nesse último, a Suzuki perde forte para a BMW e Triumph.
Pelo preço que será vendida, só o tempo dirá se ela vai ou não decolar
as vendas no Brasil.

A nova V-Strom 650 tem linhas do modelo Gladius, mas, infelizmente não
o quadro ultracompacto que teria melhorado a moto para o off-road.
Ainda assim, o quadro da V-Strom é agora 3 kg mais leve do que o
antigo, a moto ainda conta com um tanque de combustível mais
ergonômico e assento mais confortável. Mas, a capacidade de
armazenagem de combustível foi reduzida, na antiga era de 22 litros e
na nova são de 20 litros.

O painel de instrumentos redesenhado (derivado do Europeu da GSR750),
guidão com controles integrados e a nova frente dá a nova V-Strom um
ar mais moderno.

Semelhante a Gladius, a nova V-Strom 650 utiliza a mais recente
evolução do 90 º V-twin da SV 650. Este motor remonta ao ano de 2002,
recebe novas molas de válvulas, bem como mapas de injeção específicos
para aumentar a flexibilidade em rotações médias, resposta do
acelerador através de uma gama mais ampla, eficiência de combustão e
consumo de combustível. A Suzuki dual Throttle Valve (SDTV) foi
ligeiramente revista, juntamente com o sistema de escape. O último
agora incorpora um catalisador para atender às novas normas de
emissões de gases que ocorre em todo o mundo, inclusive no Brasil.

Além disso, a nova Suzuki V-Strom 650 ganha uma nova tecnologia
patenteada chamada acelerador de corpo de Controle Integrado de Marcha
Lenta (TI-ISC). A transmissão de 6 velocidades oferece trocas mais
precisas e é um verdadeiro deleite para rodar.

A posição de pilotagem está diferente também, deixando os braços não
muito estendidos e as pernas em um ângulo confortável. Mas, conforme o
modelo anterior, sua posição de pilotagem é mais confortável para o on
do que o off-road. A instrumentação é extremamente amigável, você pode
alternar entre as várias leituras de LCD usando o interruptor montado
no guidão.

A proteção contra o vento do parabrisa com regulagem para 3 posições,
é um dos melhores dos modelos concorrentes, ao menos com o pabrasisa
que vem de fabrica. A moto, ao menos sem as malas laterais (na Europa
e EUA) esses acessórios vem de fabrica em alguns modelos, é
confortável para rodar em qualquer pavimento e condição climática
(chuva por exemlo), deixando a moto sempre confortável, sem afetar a
postura e estabilidade da moto, ao menos nos modelos equipados com
ABS.

Quem já pilotou a antiga V-Strom, na nova, sentirá o maior conforto do
assento e as nítidas vantagens de se usar freios ABS, ao menos na
pilotagem on-road.

A questão é que a nova V-Strom chegou tarde no Brasil e agora
enfrentará a forte concorrência com os modelos da BMW G 650 GS, F 800
GS e da inglesa Triumph, modelo Tiger 800, motos essas que custam
apenas um pouco mais que a nova V-Strom 650 (a GS 650 custa menos),
mas que levam os emblemas de marcas de motos que são sonhos de muitos
motociclistas, sem contar que no caso da GS 800 e Triumph 800, são
motos melhores no off-road e no geral.

Sem dúvida que a nova V-Strom 650 é uma moto e tanto, e conta com uma
rede de concessionárias no país de certa forma extensa, embora com
muitas reclamações por parte dos motociclistas, ao menos aqueles que
possuem motos da marca japonesa acima de 400cc. Para se viajar por
trajetos on-road com curtos trechos de off-road, é uma moto perfeita.

Nos EUA, a nova V-Strom 650 completa, com ABS, malas laterais e
traseira, protetor de motor, cárter, manoplas e outros acessórios, sai
por menos de 10 mil dólares. Se chorar, é capaz do motociclista ainda
ganhar um novo capacete, luvas, calça e jaqueta!

Mas, pelo preço que chegará no Brasil (aproximadamente R$ 35 mil para
o modelo apenas com ABS) e por ter demorado a ser lançada no país,
teremos que aguardar para saber se irá ser uma moto bem aceita e
comercializada, já que por pouco a mais, se adquire os modelos das
marcas alemã e inglesa.

Em todo caso, seja qual for a moto que você for rodar citada nessa
matéria, se a V-Strom antiga, a nova, ou os modelos da BMW e Triumph,
uma coisa é certa, com qualquer uma delas você terá ótimas emoções e
viagens!

Fonte: rockriders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate