Other stuff ->

quinta-feira, 10 de março de 2016

Possível Origem Das Três Batidas

O uso de batidas para chamar a atenção de pessoas presentes em uma
reunião é um antigo costume. Tanto é verdade que, numa fabrica de
tecidos, em 1335, em York Minster, Inglaterra, foi registrado os
detalhes de uma construção que estava sendo feita nessa fabrica, por
um grupo de Maçons Operativos. Ali é mencionando o trabalho em si,
descanso, etc, e menciona, também, que os Maçons eram chamados após a
refeição para assumirem novamente o trabalho, por batidas dadas na
porta da Loja. Esta Loja, como já foi dito em outras Pílulas, sem
duvida, deveria ser um abrigo coberto perto da referida construção.

Hoje em dia, na Maçonaria Especulativa, as batidas foram
deliberadamente variadas para distinguir os três Graus Simbólicos, uns
dos outros.

Muitas das praticas maçônicas tem forte semelhança com as praticas
Eclesiásticas, apesar que, muitas vezes, falta uma evidencia
definitiva. Entretanto, é fato que a Maçonaria Operativa foi empregada
largamente nas construções de Catedrais e outras construções para a
Igreja, onde podemos supor que as praticas e costumes dos monges,
abades, etc, não eram inteiramente desconhecidas dos integrantes da
Maçonaria Operativa, da qual a Maçonaria Especulativa derivou.

Um exemplo do uso eclesiástico de batidas é visto quando um novo Bispo
esta sendo entronado. Ele se aproxima da porta Leste da Catedral e com
três pancadas nesta, com o seu Bastão Pastoral, obtém a atenção do
Deão e dos membros do Capitulo, dos quais ele obterá permissão para
entrar na conclusão da Cerimônia para sua total introdução no
Episcopado.





Ir.'. Alfério Di Giaimo Neto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate