Other stuff ->

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

BMW R 80 GS, big trail precursora da atual R 1200GS

Lançada em 1980, a ousada BMW R 80 GS inaugurou o segmento big trail no
mundo e venceu difíceis competições fora de estrada com soluções utilizadas
até hoje pela fabricante alemã. Até o final da década de 70 as opções de
motos trail resumiam-se a monocilíndricas de baixa cilindrada, com exceção
da Yamaha XT 500 lançada em 1976, também com motor de 1 cilindro.

Parecia inviável uma motocicleta trail de alta cilindrada que não tivesse sua
ciclística prejudicada até a BMW provar que isso era possível com o
lançamento da R 80 GS, em 1980, com motor boxer de 2 cilindros opostos de
800cc e transmissão por eixo-cardã. Com o modelo, a fabricante alemã venceu
quatro edições do Rally Paris Dakar e as soluções empregadas, que evoluíram
ao longo dos anos, tornaram-se tradicionais da marca, agregando milhares de
apaixonados pelo mundo.

A BMW R 80 GS nasceu com a inédita transmissão batizada de monolever, que
agregava transmissão por eixo-cardã a um monobraço oscilante da suspensão
traseira. O resultado era uma transmissão mais durável que a corrente por
não estar exposta a água, terra e areia, além de um visual exótico, com a
roda fixada apenas por um lado. A primeira GS também inaugurou um novo
segmento por ser a trail com a maior cilindrada do mundo na época. Com 2
cilindros opostos de 798cc, 2 válvulas por cilindro, comando no cabeçote e
carburadores de 32 mm, o motor da R 80 GS rendia 50 cv de potência a 6.500
rpm e 5,78 kgf.m de torque a 5.000 rpm.

A confiabilidade da R 80 GS foi comprovada com a vitória do piloto francês
Hubert Auriol nos 12.000 km do Rally Paris Dakar de 1981, que foi a primeira
edição com a participação direta de fabricantes de motocicletas. O piloto
francês repetiu o feito em 1983 e nos dois anos seguintes a BMW venceu
novamente a competição com a R 80 GS, nas mãos do piloto belga Gaston
Rahier.

Fonte: duasrodasonline.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate