Other stuff ->

segunda-feira, 21 de maio de 2012

O Lewis ou Lowton

     A maioria dos Painéis da Loja em uso atualmente, esta baseada nos
desenhos do Irmão John Harris que datam de 1845. Pelas constantes alterações
dos Rituais, onde se estampam estes painéis, mesmo sem a intenção,
indiretamente, alteram-se também as figuras e suas representações, e, assim
vem ocorrendo. Podemos notar que no Painel Alegórico da Loja de Aprendiz
Maçom no Ritual atual, bem como no anterior, o desenho do "Lewis", artefato
encravado na parte superior da Pedra Cúbica,  está irreconhecível,
permitindo opiniões das mais diversas, quanto inexatas. Já lemos em livro de
autor maçônico, inclusive, que a peça é um candeeiro.

     Lewis significa "Luva" e, é um símbolo da força. Trata-se de um antigo
instrumento de ferro, feito em seções, composto de uma trípode de cunhas e
uma manilha. Foi projetado para elevar blocos de pedras de grandes
proporções e colocá-las nos lugares que lhe eram destinados. O processo
consistia em abrir uma cavidade de forma piramidal no bloco de pedra,
proporcional às dimensões das cunhas unidas; uma cavidade com sua parte
interior (fundo) maior que a superior (boca). Assim as cunhas, uma a uma, ao
serem introduzidas, se expandiam pela introdução da terceira, a cunha reta,
como mostra a figura acima.

       A palavra Lewis designa, também,  o filho do Maçom, por origem
britânica, cujo dever, em relação aos pais, quando já idosos, é ser a força
que os sustenta, satisfazendo as suas necessidades e tornando confortável a
sua velhice. Toda uma vida dedicada a família, todo trabalho em função de
buscar recursos para o sustento e a educação dos filhos, devem ser
recompensados, não por compaixão ou piedade, mas, pelo amor fraterno e
reconhecimento do porto seguro que o pai representa para o filho; o beijo, o
abraço e o ombro paterno, mais que amigo, nos difíceis momentos do caminhar
na senda do progresso moral, espiritual e intelectual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate