Other stuff ->

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Croatas e Sérvios

Croatas e Sérvios são basicamente dois irmãos perdidos, separados numa idade muito pequena. 

Na juventude e em parte das suas vidas adultas, cresceram com pais adotivos bem abusivos. 

Portanto, Croatas e Sérvios, biologicamente relacionados, sabem onde o outro morou, e cresceram separadamente (até sua adolescência) e por quase todas suas vidas não viam nada em comum entre um e outro.

Um dia, o povo do serviço social pegou-os dos lares adotivos, já que seus pais adotivos morreram, e decidiram ficar com eles e outros irmãos perdidos que nem sabiam que existiam (Bosnia) e outros primos (Eslovenia, Macedônia, etc) em um apartamento apinhado e esperaram que eles se dessem bem daí em diante, mesmo sem ter crescido junto.

Naturalmente, um bocado de membros da família separados por anos colocados juntos não há como dar certo, com discussões mil sobre aluguel, contas e sobre um comer a comida do outro.

Isso explodiu numa briga de socos e pontapés entre todos os parentes, já que eles tentaram expulsar todos do apartamente, enquanto outros queriam mudar para fora sozinhos.

Finalmente, o proprietário do apartamento chegou e quebrou tudo, e todos foram chutados para fora e mudaram para casas separadas na mesma rua.

Nunca mais se recobraram da mudança do antigo apartamento e muitos se recusam falar uns com os outros, apenas se encontrando em feriados como Natal e aniversários, e à parte disso, juram que não são parentes.

Bem vindos à família das Balcãs, a família mais disfuncional da Europa!

-------------------------

Nota: Acho que minha família herdou essa característica de disfuncionalidade... Acho que é típico da alma amargurada dos eslavos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate